Pensamento do dia:

"Quem não te procura, não sente sua falta. Quem não sente sua falta, não te ama. O destino determina quem entra na sua vida, mas você decide quem fica nela. A verdade dói só uma vez. A mentira cada vez que você lembra. Então, valorize quem valoriza você e não trate como prioridade quem te trata como opção."

Metade

quarta-feira, 27 de julho de 2011



Dia pela metade
Semana pela metade
Vida pela metade...
Um grito silencioso de dor
Ninguém ouve
Ninguém percebe
Apenas o peito
rasga e sangra
num esboço de gesto...
Mãos espalmadas se perdem no ar
As lágrimas
que o vento seca
são transformadas em areia
e ferem os olhos

A dor é inteira
Angústia inteira
Momento intenso
De tantas metades vividas
Rasgadas, largadas, sentidas...
O peito ôco indaga da vida:
Onde está... a outra metade?


17 comentários:

  1. moimemei disse...:

    Querida Sonia
    A vida segue num compasso cada vez mais rápido mesmo, a sensação que tenho é que não consigo concluir nada na 1ª tentativa, tudo tem que ser retomado várias vezes.
    Quanto `a outra metade...I quit,for a while...

    Bjks!

  1. Sonia disse...:

    Minha querida Moimemei...obrigada pelo seu carinho.
    Sua visita aqui e a atenção do comentário são um grande incentivo.
    Um beijão!!

  1. Julio Dorfman disse...:

    Sorte de quem a metade encontrou.

  1. Sonia disse...:

    É verdade, Julio...
    Uma busca que dificilmente acaba.. :)
    Obrigada e bjo!

  1. Velvet Poison disse...:

    Ih.... essa está de matar. Se eu tivesse encomendado, não sairia tão na marca do pênalti!

    Metade só pela metade. Porque a metade da outra metade vai pra mais longe. E por muitos dias. Haja areia nos olhos...

    Jocas!

  1. Sonia disse...:

    Regina, Regina....
    Mil vezes obrigada. Beijo grandão!

  1. ElaineColonhezi disse...:

    Sonia, esta vc escreveu para mim.
    Nem consigo argumentos para comentar.
    Parabéns!

    Beijos querida!

  1. Méll Georg disse...:

    Simplesmente demais! Admiro vcs com o dom da palavra! Continue sempre cheia de inspiraçao! bjs

  1. natyscastro disse...:

    Lindo Sônia, poético.. um desejo de muita gente.. encontrar aquela "cara-metade" que mandará embora a nossa incompletude, apesar de sabermos que somos inteiros mesmo sozinhos.. mas a gente gosta de sonhar né.. de achar que existe esse ser capaz de algo tão grandioso rss Somos incompletamente inteiros... mas o post ficou muito lindo e tocante como td q vc escreve. Bjuss poetisa.

  1. Tânia disse...:

    Escrevi certa vez uma carta para minha alma gêmea...Vou republicar daqui a pouco lá no meu blog...Mas fazia muito tempo que não lia de forma tão simples, musical e poética a tradução de um sentimento de não querer estar só!
    Lindoooooooooo
    Beijos querida

  1. FabioStefani disse...:

    Muito bom, Sonia! Manobra as palavras como ninguém e de modo emocionante! O único inconveniente em encontrar a cara metade é um dia perdê-la. Em nome da própria complementaridade, o importante não é procurar o que falta, e sim, abrir janelas para receber amor, carinho, alegrias e deixar que a luz ilumine a sua paisagem, sob risco de inundar-se em dúvidas que inviabilizam seu livre fluxo ... Let it Be! Fabio Stefani

  1. Luanna disse...:

    Ixii Mamuska.. Esse negócio de outra metade é complicado mesmo.

    Sou o tipo de pessoa que molha o pé p medir a temperatura da água e esqueço de verificar a profundidade, apaixonada eu só mergulho.

    Acho que acumulei uma coleção de enganos até hoje e entre um equívoco e outro, continuo a procurar essa metade que nem é minha ainda, mas que faz uma falta imensa.

    Beijos Sosô.. Lindo post!

    Parabéns!!!

  1. Lindissimo minha amiga querida, você é uma pessoa sensível e doce. Mil Beijinhos
    Silvia Novaes

  1. opcao_zili disse...:

    Beijocas Isaura romântica. Sua metade está a sua espera, com certeza.Enquanto isso, viva, intensamente , essa bênção que é sua vida. Bjs.

  1. Sandra Cajado disse...:

    A dor é inteira
    Angústia inteira
    Momento intenso
    De tantas metades vividas
    Rasgadas, largadas, sentidas...
    O peito ôco indaga da vida:
    Onde está... a outra metade?

    O que dizer mediante essas palavras?

    Nada... pois fecho os olhos e sinto!

    Vivo e deliro com as verdades inteiras da metade que está em algum lugar.

    perfeito! amei

    Parabéns!

    beijos

  1. Anônimo disse...:

    Lindo
    Cheio de sentimento
    Parabéns

  1. Sonia disse...:

    Agradeço a todos, pelos comentários, pelo incentivo, isso me motiva a procurar melhorar e fazer desse espaço aqui, do blog, um lugar cada vez melhor pra vocês.
    Obrigada por todo o carinho: Elaine, Tânia, Naty, Sandra, Silvia, Luanna, minha filhuska adorada, Mell, Fábio, Antonio... vocês enchem a minha vida de poesia e doçura. Adoro vcs todos! Beijos!!

Postar um comentário